Alunos do profissional vão poder aceder ao Ensino Superior sem exames

Inspiring Future
24 Abril 2019

Os alunos do ensino secundário de cursos profissionais vão poder candidatar-se ao Ensino Superior sem terem de fazer exames nacionais, adiantou o ministro Manuel Heitor. Desta forma, cria-se uma "terceira via" de acesso, depois do CNA - Concurso Nacional de Acesso para os alunos dos cursos científico-humanístico e dos CTeSP, cursos técnicos profissionais no ensino superior que permitem prosseguir estudos para obter grau de licenciatura.

Esta terceira via vai contar com um número de vagas reservado para os alunos que depois de completarem o ensino secundário profissional possam entrar nas Instituições de Ensino Superior. E são as próprias instituições que vão traçar a forma de acesso para estes alunos. 

"Mas não é para ter mais provas, foi essa a grande inovação face ao sistema que esteve em discussão e que os próprios institutos politécnicos solicitaram que não fosse posto em prática. É fazer concursos locais usando apenas as aptidões, as competências e as notas que eles têm no seu percurso profissional à semelhança do que se passa com os alunos do científico humanístico, que não fazem mais nenhum exame. São os seus exames na via científica e humanística que lhes dão acesso ao ensino superior", referiu o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Estes concursos locais, que não contemplarão provas nem exames, vão representar vagas na ordem dos 10% a 15% do total do concurso nacional de acesso, mas o processo de decisão só deve ficar fechado em meados de maio, conclui o Jornal de Notícias.