Ainda há 60 mil alunos à espera de saber se têm direito a bolsa

Luís Alves Vicente
Editor Inspiring Future
27 Novembro 2018

Um problema informático é a causa apontada pelos SAS (Serviços de Ação Social) para que ainda haja cerca de 60 mil alunos à espera de saber se têm ou não direito a bolsa de Ação Social.

Segundo o Público, no início do ano lectivo registou-se um problema informático causado por uma alteração no regulamento de atribuição de bolsas. Citada pelo mesmo jornal, a administradora do SAS da UTAD explicou que “houve um problema que fez com que tivéssemos tido mais dificuldade em começar a ver os processos.

Desta forma, apenas 26 994 alunos já sabem que vão receber apoio económico, sendo que os pagamentos ainda não chegaram a todos - 5 mil ainda aguardam. 

Os dados disponibilizados publicamente pela DGES, investigados pelo Público, apontam para um total de "18.300 candidaturas cuja análise está parada por falta de dados."

A bolsa varia consoante os rendimentos do agregado familiar. O valor mínimo corresponde ao montante da propina na instituição onde o estudante estuda, sendo o valor mínimo 75 euros por mês. "No máximo, em caso de graves carências, o estudante pode receber um apoio de até 1286 mensais", conclui o mesmo diário


DEIXA UM COMENTÁRIO