Tive uma má nota e agora?

Redatora com Futuro
5 Novembro 2018

O relógio marcava as três da manhã e tu finalmente acabaste de reler a última página dos teus resumos. Mentalizas-te de que estás mais do que preparad@ para arrasar no teste que se aproxima. Contudo, esta confiança descarrila quando te deparas com o resultado do dito cujo. Respira: não és o primeiro a quem isto acontece e não serás, certamente, o último.

De forma mais ou menos grave, já todos os estudantes enfrentaram uma situação semelhante. Já todos sentimos a frustração tremenda que surge quando as nossas expectativas não corresponderam à realidade.  

Neste artigo, partilhamos contigo algumas dicas para que consigas ultrapassar estes momentos mais difíceis.

Engolir em seco

Como sabemos, não vale a pena chorar sobre leite derramado e o melhor que podes fazer é mesmo aceitar a verdade fria e crua, tal como ela é. Não tentes esquecer ou varrer completamente da tua memória a existência daquele resultado. Pelo contrário, deves examinar ao pormenor toda esta situação, a fim de perceber os motivos por detrás deste percalço. Essencialmente, assinala os erros que cometeste e confronta-os com a correção proposta. Quanto mais rápido entenderes o que correu mal, o mais provável será encontrares uma solução.

Duas cabeças pensam melhor que uma

Podes e deves procurar ajuda de terceiros, seja através dos teus colegas que tiveram uma melhor nota, com o intuito de comparares a tua prestação com a deles, seja abordando o teu professor.

Estas são as ocasiões perfeitas para tirares proveito do horário de atendimento do teu professor. Aproveita para lhe pedires que reveja a tua prova/trabalho contigo, para que consigas absorver todas as suas dicas e comentários possíveis a apontar. Não só os professores apreciam quando os alunos demonstram alguma dedicação em melhorar o seu desempenho, como também consegues receber e posteriormente aplicar mais eficazmente o seu feedback. Afinal de contas, é ele que dita a tua avaliação final.

Nem todas as noitadas a queimar pestanas compensam

Autocritica-te e repensa os teus hábitos de estudo. Será que estudaste o suficiente? Talvez um pouco em cima do joelho? Intercalavas cada página com um refresh do teu feed do Instagram? Foste praticamente de direta para o teste? –  Estas são algumas das perguntas que deves fazer a ti mesmo para averiguares se tens realmente feito tudo o que podias e nas medidas recomendadas.

Perder uma batalha não significa que a guerra esteja perdida!

Relembra-te que não é uma má nota, uma má disciplina, nem um mau período que determinará todo o teu percurso académico. Aliás, nada é definitivo e tudo tem uma solução. Haverá sempre os próximos testes e os próximos trabalhos em grupo. O importante é que tentes sempre procurar melhorar e que nunca te contentes com o mínimo.

Não tenhas medo de falhar as vezes que forem precisas, já que é com os nossos erros que aprendemos.


DEIXA UM COMENTÁRIO