O que acontece se pedir reapreciação de prova?

4 agosto 2020

Não estás totalmente satisfeito com os critérios de correção de algum dos teus exames? Sentes que devias ter tido melhor nota? Então a solução pode passar por pedir a reapreciação de prova. Neste artigo vamos explicar-te como funciona e quais as implicações que vai ter no teu processo de candidatura ao ensino superior.

Isto é uma solução que pode ser arriscada, visto que a nota pode subir ou descer com a reapreciação. Portanto, se estiveres confiante e achares que tens mais a ganhar do que a perder, avança! No entanto, se a nota descer, ficas com a nota mais baixa do que aquela que tinhas antes de ir a repreciação!

 

Primeiro, deves consultar o resultado dos exames no dia em que eles são afixados e tomar uma decisão rapidamente. Depois da afixação dos resultados dos exames nacionais, tens dois dias úteis para pedires a cópia dos mesmos. Depois de receberes a cópia dos exames, tens dois dias úteis para submeteres a reapreciação.

Este pedido é feito na escola secundária onde fizeste o exame, depois de pedires uma cópia do mesmo, para perceberes efetivamente se vale a pena avançar com a reapreciação, que tem um custo de 25€ (devolvidos caso a tua nota acabe por subir).

 

Mesmo que tenhas pedido reapreciação de prova e estejas à espera de melhorar a tua nota, deves realizar a candidatura normalmente e tendo em conta as notas que tens atualmente. Caso a tua candidatura dependa mesmo do resultado favorável da reapreciação para acontecer (ensino secundário por concluir ou nenhuma prova de ingresso válida), ainda não te vais poder candidatar. O Juri Nacional de Exames tem 30 dias para se pronunciar sobre a reapreciação requerida!

Depois de afixados os resultados, deverás pedir uma nova Ficha ENES. Tens um prazo especial de dois dias úteis, 48 horas, desde a afixação dos resultados da reapreciação para realizar ou alterar a tua candidatura ao ensino superior na mesma fase, tendo em conta as notas atualizadas.

 

Para saberes o prazo para este ano letivo podes ver o Calendário Nacional de Acesso ao Ensino Superior 20-21.