Natal: O que oferecia um finalista de Publicidade e Marketing a um caloiro do mesmo curso?

Editor Inspiring Future
16 Dezembro 2019

O Gonçalo Cunha conversou connosco sobre os vários aspetos na licenciatura de Publicidade e Marketing. Se ambicionas ser diretor criativo, copywriter, gestor do produto ou diretor comercial, ou simplesmente tens interesse pela área, descobre como se desenrolam os anos no curso!

"Quando entrei no primeiro ano, olhava para os alunos finalistas como seres velhos, cheios de experiências vividas, festas, e sobretudo com a sabedoria e know-how que os fizesse estar preparados para entrarem no mercado de trabalho.

Agora que já sou um deles, vejo que tive disto tudo, que tive as melhores festas, os melhores companheiros de faculdade e que aprendi muito. Sim, adquiri muita teoria que apliquei na prática, com trabalhos de grupo a toda a hora em todas as circunstâncias. Consigo perceber, que mais do que estar pronto para aplicar tudo o que aprendi, sinto que consegui desenvolver uma dinâmica e organização de trabalho que me poderão facilitar a integração no “assustador” mercado de trabalho.

Para ti, futuro caloiro de PM, eu digo-te para te envolveres na faculdade. Vai às aulas, às que conseguires e onde sentires que vais aprender. Nos tempos que não estás nas aulas, bate à porta dos núcleos que houver na tua faculdade e aprende com eles. Acho que eles são um dos grandes factores diferenciadores na comparação entre currículos, porque lá aprendes algo que queres e que não ouves todos os dias e aprendes com pessoas que te ensinam sentadas ao teu lado, a experimentar contigo e a ensinar-te o pouco que sabem, os alunos!

Dois presentes para vocês caloiros:

- O Mercator, não por ser o livro pelo qual vão estudar todos os dias, mas por ser aquela bíblia do marketing a que vão recorrer quando estiverem a estudar nos últimos dias antes do exame e precisam de alguma definição que seja acertada, dado que há alguns sites em que não podemos sempre confiar.

- Uma boa dose de bagagem em dinâmicas de grupo, porque no Ensino Superior isso não vai faltar. E se no início, é engraçado ir conhecendo os amigos novos e ir trabalhando com eles, no final, a paciência já não é muita para fazer trabalhos de grupo a todas as cadeiras, todos os dias a toda a hora. Mas, a verdade é que se aprende muito a trabalhar em grupo e a minha sugestão é que não te fiques pelo mesmo grupo durante os 3 anos, faz novos, experimenta trabalhar com pessoas que nem tens vontade de conhecer, porque na verdade é isso que vai acontecer no mercado de trabalho!

Um Bom Natal!

Aproveita a viagem, passa rápido, mas torna-a cheia!"

Gonçalo Cunha, finalista na licenciatura de Publicidade e Marketing, na Escola Superior de Comunicação Social