Há melhorias ou não há melhorias?

7 maio 2020

Ora bem, antes de conseguirmos explicar-te isto das novas regras tens de perceber que há dois tipos de melhoria: às Provas de Ingresso e a melhoria da nota da disciplina.

Esta segunda pode ser feita como aluno interno ou como aluno externo.

 

O que é a melhoria da disciplina como aluno interno?

É quando vais à 2ª fase de exames, no próprio ano de conclusão da disciplina e este exame vai contar para 30% da tua nota da disciplina.

(Atenção, ao fazer essa melhoria no 12º, a nota interna mais alta apenas contará para a 2ª fase de candidatura)

Com as novas regras por causa do COVID, esta possibilidade deixou de existir.

 

O que é a melhoria da disciplina como aluno externo?

Existem vários cenários para isto, mas na prática o resultado é sempre o mesmo.

Um aluno externo poderá ser:

  • Alunos que durante a frequência da disciplina anule a mesma

  • Alunos que tenham uma disciplina por fazer

  • Alunos que tenham concluído a disciplina e vão fazê-la como autopropostos

 

Nestes casos, em circunstâncias normais, o exame que vais fazer contará para 100% da nota da disciplina, se conseguires melhorar. Quando não consegues, ficas com as notas que tinhas antes.

 

Nos dois primeiros casos, tudo continua igual e poderás obter classificação à disciplina se fores realizar os exames este ano.

Se pertences ao terceiro caso, porque já concluíste a disciplina, lê este artigo até ao fim.

 

Está atualmente a ser debatido em Parlamento e demos uma ajudinha na formulação de um Projeto-Lei para reverter a questão das melhorias. Vê a nossa entrevista sobre isto à SIC Notícias:

 

O que é a melhoria da Prova de Ingresso?

É quando repetes um exame, em qualquer fase, e tens uma melhor classificação do que a Prova de Ingresso que já tinhas anteriormente. No entanto, as regras das fases aplicam-se sempre:

·        Exames repetidos na 1ª fase de exames são válidos, como prova de ingresso, para todas as fases de candidatura.

·        Exames repetidos na 2ª fase de exames são válidos, como prova de ingresso, a partir da 2ª fase de candidaturas.

Neste caso, o objetivo é fazer com que a nota da Prova de Ingresso ajude a subir a Nota de Candidatura.

 

O que é que as regras implementadas por causa do COVID significam?

Os exames que realizares este ano apenas contarão como Prova de Ingresso. Por esse motivo, as melhorias das notas internas ficam sem efeito nos seguintes casos:

  • Se fores fazer uma melhoria como aluno interno, na 2ª fase de exames, essa melhoria só servirá para aumentar a tua nota da Prova de Ingresso, e para a 2ª fase de candidatura.

  • Se fores fazer uma melhoria como externo, no caso dessa disciplina já estar concluída (com positiva), a nota desse exame apenas contará para teres uma Prova de Ingresso mais alta para efeitos de candidatura ao ensino Superior.

  • Apenas os alunos que estejam chumbados ou que tenham anulado a disciplina, são obrigados a fazer exames para conclusão do secundário.

 

Se gostares de ler leis e documentos com muitas letras, tens também aqui o Decreto-Lei nº 14-G/2020 que tem todas as informações.

 

Podes ver o LIVE completo com o Secretário de Estado Adjunto e da Educação, João Costa:


 

RESUMINDO:

 
 

 

 

 

FONTE: Ministério da Educação