Como estudar para o exame de História A?

4 Julho 2020

O exame de História A está à porta… e agora?

Sabemos que a matéria para este exame pode dar-te algumas dores de cabeça, sobretudo pela quantidade de conteúdos que envolve. Como não te queríamos deixar na mão, trazemos-te algumas dicas por parte da nossa especialista de exames!

Segundo a professora Carla, “a melhor estratégia para dar resposta à ansiedade que esta situação desencadeia passa por uma gestão equilibrada do calendário de estudo. Distribuir os conteúdos por dias, gerindo o tempo de estudo e dando mais importância aos aspetos que são mais complexos ou mais densos poderá revelar-se uma estratégia adequada.”

 

Tal como o estudo, a História é também uma sucessão de acontecimentos. Como fazer esta ligação?

"Na disciplina de História A, em termos gerais, é importante desenvolver a capacidade de analisar fontes, em particular documentos, de forma a deles extrair a informação solicitada ou necessária para a interpretação de um determinado aspeto. Enquanto se processa o estudo, poderá ser útil elaborar uma cronologia de factos, acompanhada da sua localização espacial, para que se possa compreender a evolução histórica e determinadas relações assentes na temporalidade. Em simultâneo, o estudo desenvolvido deve problematizar causas e consequências dos factos estudados, de modo a promover a capacidade de reflexão."

 

Chegou o momento de brilhar…

“O estudo não deve, porém, reduzir-se aos conteúdos. É fundamental também afinar as capacidades que deverão ser mobilizadas no dia da realização do exame. No decurso do exame, a atenção aos textos e a interpretação dos enunciados são fundamentais e podem fazer toda a diferença. Antes de dar início a cada resposta, é imprescindível também que se faça um esquema das ideias essenciais (sobretudo quando a resposta é mais longa), de forma a ser possível verificar se nada do essencial ficará esquecido e se os dados a apresentar estão organizados de forma ajustada ao que é solicitado. Uma atenção especial aos exercícios de escolha múltipla: não esquecer que a leitura atenta e analítica das opções oferecidas pode fazer a diferença, antes de se efetuar uma escolha consciente. Lembremo-nos também que muitas hesitações costumam ser desaconselháveis. Alterar uma opção no último minuto poderá não ser a melhor opção.”

 

Por fim, nunca te esqueças que a preparação que fazes é o que te vai levar a que te sintas o mais confortável possível no momento do exame e assim, consigas chegar aos resultados que delineaste para ti!

 

Para te preparares melhor ainda, temos também para ti a nossa coleção de preparação para os exames! Está com um desconto de 50% atualmente:

Boa sorte!