Como arrasar nas avaliações - o impacto do método de estudo adequado

Redatora com Futuro
2 Novembro 2018

O ano ainda agora começou, mas a verdade é que é de início que nos devemos começar a preparar para as avaliações que nos esperam; por isso, utilizar um método de estudo que se encaixe no nosso perfil enquanto estudantes pode ser a chave para o sucesso.

Antes de mais, o método de estudo adequado pode significar menos horas de estudo e um estudo mais produtivo, com muito menos sono à mistura e procrastinação - basicamente, tudo aquilo que um estudante pode desejar.

A primeira pergunta a fazer é: “em que altura do dia sou mais produtivo?” - ou seja, sentes que o teu estudo rende mais à tarde ou à noite? Talvez de manhã? Quando conseguires responder a esta questão, o próximo objetivo é planeares o teu horário de estudo, tendo em conta o teu horário escolar e as horas das atividades extracurriculares que frequentas.

Uma outra questão muito importante é: “qual o tipo de estudo que mais me beneficia?” - gostas de ler em voz alta? Preferes fazer resumos e estudar por eles? Sentes que é a ler que aprendes mais? Entender qual o tipo de estudo que mais potencializa o teu trabalho é indispensável porque vai fazer com que todo o processo seja facilitado e vai levar a que te sintas muito mais proactivo com o estudo que realizas.

 “Prefiro estudar muitas horas seguidas ou fazer estudos mais individualizados e curtos?” Há pessoas que têm a capacidade de ficar horas sentadas a estudar, mas nem toda a gente tem essa capacidade - e não há problema nenhum! O que deves perceber é durante quanto tempo é que estás realmente focado até precisares de um intervalo. De seguida, é replicá-lo nos momentos de estudo. Mas atenção: não cair no erro de fazer intervalos maiores que o tempo de estudo! É tentador começar a “surfar” pelas redes sociais, mas não te podes esquecer que o teu objetivo primordial é estudar e estares melhor preparado para qualquer avaliação que possas vir a ter.

Por fim, algumas outras perguntas são: “prefiro estudar em casa ou em locais públicos?” e “Gosto de estudar com música/barulho ou em silêncio?” Por experiência própria, posso-vos dizer que a resposta a esta pergunta pode fazer toda a diferença nos resultados que obtemos.

Pessoalmente, gosto de estudar em sítios movimentados e, portanto, com barulho - obriga-me a estar verdadeiramente concentrada no meu trabalho, mas esta é apenas a minha experiência. O mais importante é analisares o TEU trabalho e perceberes o que é melhor para TI e para o TEU sucesso

Com todos estes passos analisados, o sucesso é o único caminho possível!


DEIXA UM COMENTÁRIO