7 razões por que os Millennials são uma das gerações mais produtivas de sempre

Sofia Andrêzo
Redatora com Futuro
19 Janeiro 2018

Os milennials (ou geração Y) são alvo de variados estereótipos sendo, muitas vezes, classificados como preguiçosos. No entanto, e de variadíssimas maneiras, a geração Y teve ou terá de ser mais produtiva do que qualquer outra geração, para ter entrado no mercado de trabalho.
Verifica alguns motivos pelos quais a geração Y é considerada a geração mais produtiva.

1. Aproveitamos ao máximo a tecnologia 

Os milennials conhecem a tecnologia. Cresceram a usar a internet e os computadores. Portanto, são experientes e sabem retirar o melhor da que a tecnologia e do que ela tem para oferecer. Uma pessoa jovem que não sabe como executar determinada tarefa, de certeza, que, rapidamente, vai encontrar um tutorial no Youtube que explica como fazer, ao invés de utilizar o clássico método do “teste e erro”.

Saberem quais os recursos técnicos que irão melhorar a sua produtividade é fundamental para rentabilizar o tempo.

2. Não fazemos apenas 1 coisa

A economia levou a que os milennials  – mesmo aqueles com emprego a tempo inteiro – a procurarem atividades paralelas, como por exemplo, explicações. Estas atividades ocupam horas valiosas do dia. Como tal, são obrigados a equilibrar o seu tempo levando a que desenvolvam capacidades de multitasking que resulta em dinheiro extra no final do mês. Não há melhor motivação do que saber que, se nada fizerem, perderão o emprego. Esta é uma das principais razões pelas quais a geração Y é mais produtiva do que outras gerações que tinham mais segurança.

3. Valorizamos muito a produtividade 

As pessoas tendem a fazer melhor as coisas que valorizam, uma vez que, investem mais nelas. Uma pesquisa recente da Microsoft descobriu que 93% dos entrevistados da geração Y acreditam que a produtividade é a chave para a felicidade! A sua infância foi de tal forma programada que se transformaram em adultos com a necessidade de que as coisas, efetivamente, corram bem. Este é um excelente sinal para os empregadores que estejam ansiosos para encontrar empregados produtivos.

4. Recorremos a estratégias

Desde listas de tarefas nos telemóveis a alarmes para os relembrar de que o tempo está a passar, os milennials arranjam forma de saber exatamente quais são as suas prioridades e prazos que devem cumprir! Assim, conseguem fazer tudo na hora certa.

5. Não estabelecemos uma fronteira entre trabalho e lazer

Os milennials não estabelecem uma linha entre o lazer e o trabalho. Posto isto, estão muito mais recetivos a levar o trabalho para casa podendo acabar as suas tarefas no sofá :) deste modo não se importam de fazer “horas extras” desde que o passam fazer consoante a sua flexibilidade. 

6. Aprendemos com o fracasso

Uma parte da infância da geração Y foi passada a jogar videojogos, onde uns veem uma falha significava outros apenas uma oportunidade de começar de novo e fazer melhor da próxima vez. Talvez seja esta a razão pela qual estão muito mais abertos à experimentação. Mesmo que não tenham a certeza de que correrá bem, mergulham em novos projetos tendo a certeza que estão a fazer o seu melhor! 

7. Têm a sua mentalidade em crescimento 

Tendo observado a crise que invadiu o país há relativamente poucos anos, aprenderam que, se não estiverem em constante aprendizagem podem ser facilmente postos de parte. Por isso, estão focados em aprender mais e a fazer melhor. O seu trabalho torna-se mais rentável se souberem que o seu chefe investe no seu sucesso e lhes confere oportunidades para crescerem.

Os milennials são uma parcela que rapidamente cresce e domina o mundo! Todas as ideias que temos sobre “local de trabalho”, eventualmente, vão ter mudar para acompanhar a diferença de ideias. É preciso perceber que não vale a pena lutar contra a maneira diferente com que os milennials percecionam o trabalho; são diferentes formas de obter os mesmos resultados.


DEIXA UM COMENTÁRIO