12º Ano: As certezas e as incertezas

Redatora com Futuro
17 Setembro 2019

Será que vou ter de ficar a acabar alguma disciplina ou vou conseguir entrar à primeira no curso que sempre sonhei? Será que fico um ano a fazer Gap Year ou salto já para o mercado de trabalho? Muitas dúvidas que percorrem a tua cabeça, mas não te desmotives porque no final consegue-se sempre arranjar uma solução.

Chegaste ao 12º ano e neste momento sentes que toda a tua vida até este momento passou demasiado depressa e não aproveitaste nada. É normal: há um ano eu estava no teu lugar e sentia o mesmo, mas neste momento estou na universidade a realizar um dos meus objetivos e estou muito feliz. Por isso, se eu tivesse de dizer algo ao meu eu do passado ou a qualquer outra pessoa que entrou agora no 12º, aconselharia:

Não vás abaixo

O que adianta ires abaixo e isolares-te com medo do futuro se não estás a aproveitar o presente? Isto parece demasiado filosófico, mas pensa em deixares de lado as incertezas sobre o teu futuro e preocupares-te com o que te rodeia neste momento.

Preocupa-te com a tua média

Se o teu objetivo é entrar na universidade X onde a média é Y, tenta esforçar-te um pouco para estudar e estar atento nas aulas porque na altura pode parecer uma seca, mas, no futuro, vais agradecer por aquela hora extra que estiveste a marrar nos livros em vez de procrastinar.

Descobre o teu método de estudo

Se ainda não tens um método de estudo é nesta altura que deves investir mais nesse aspeto, pois se queres passar nas cadeiras da universidade à primeira, tens de estudar um pouquito e com o teu método de estudo já definido vais ter trabalho adiantado.

Cria boas memórias

Para o teu último ano ser inesquecível, cria boas memórias com as pessoas que mais gostas; assim, ao recordares o 12º vais lembrar-te da tua viagem de finalistas ou daquela vez em que o professor de que não gostavas nada faltou e fizeram alta festa.  Além disto, nunca te esquecerás das conquistas que conseguiste alcançar. 

Não te ponhas em maus caminhos

Parece uma cena estúpida de se dizer, mas tenta não te pôr em maus caminhos que depois vão influenciar as tuas escolhas. Diverte-te, mas tenta pelo menos ter dois palmos de testa para saberes quando é que deves parar.

Começa a gerir o teu dinheiro de forma diferente

Podes na altura achar que não vale a pena e que sabia mesmo bem era gastar “algum” dinheiro nas cenas que te apetece, mas abre uma conta poupança e guarda algum dinheiro, vais ver que futuramente irá saber-te pela vida aquele dinheiro extra que tinhas poupado.