Life Hacks

10 formas de não ires à bancarrota este natal

Miguel Cordeiro
Content Marketeer @ ComparaJá.pt
11 Dezembro 2017

Ahhhhh o Natal.. Broas de mel, sonhos, filhós, a família junta e o “Sozinho em Casa” a passar nos vários canais pela milionésima vez.

O ComparaJá.pt quer que sejas feliz nas tuas compras este Natal e por isso reunimos 10 dicas para que não chegues à passagem de ano na bancarrota.

Segue os nosso conselhos e garante um início de ano cheio de saúde financeira!

1. Faz uma lista. Cumpre essa lista. Poupa dinheiro.

É uma sensação ótima dar prendas às pessoas de quem gostamos (e todos gostamos de dar as melhores prendas possíveis). No entanto, acontece com frequência que quando estamos nas compras de natal para outras pessoas acabamos por comprar coisas para nós.

Este ano, faz uma lista de quanto queres gastar no total, divide esse dinheiro pelas várias pessoas e tenta manter-te o máximo possível dentro desses limites.

2. Amigo Secreto - o melhor amigo das tuas finanças pessoais

É muito provável que já tenhas participado numa iniciativa deste género: um grupo de amigos ou colegas junta-se e decidem “à sorte” quem vai dar prendas a quem do grupo e estabelecem também um preço máximo para o valor da prenda.

Esta é uma ótima forma de se poupar dinheiro porque só terás que comprar uma prenda, mas todos vão receber algo de alguém.

3. Faz-tu-mesmo

Lembras-te daquela educadora que te disse durante a pré-escolar que tinhas imenso jeito para trabalhos manuais? E daquelas aulas de E.V.T. em que te queimaste 50 vezes com o ferro de soldar para juntar um LED ao teu circuito? Ou outra cena qualquer que agora a malta ande a inventar...

Chegou a hora em que as tuas skills terão finalmente algum uso!

Uma forma barata e muito interessante de poupares dinheiro este natal é fazeres tu mesmo as prendas, o que não te só vai poupar um dinheirão como terá também um significado diferente para os teus amigos e família.

4. Se vais comprar a crédito, corta os juros

Os cartões de crédito passam por um uso muito intensivo durante a época natalícia e se já conheces como funciona o cashback provavelmente vais usar o teu.

Mas se queres poupar dinheiro, vai ao teu banco antes de ires às compras e altera os pagamentos para 100% do valor em dívida. Ou faz isso por telefone ou na net, se estiver a chover ou se estiveres muito ocupad@ a comer pais natal de chocolate.

Com esta modalidade não estarás sujeito ao pagamento de juros mas terás de pagar a totalidade do valor que gastaste no mês seguinte.

O mês de janeiro terá de ser mais austero, mas ganhaste de volta em cashback alguns dos euros que gastaste.

Se ainda não tens um cartão de crédito , podes ver aqui qual é o melhor para ti.

5. Sabes aquele cartão de fidelização que nunca usaste? Chegou a hora.

Os cartões de fidelização oferecem por vezes bons descontos e promoções nas lojas que os emitem.

Se fizeste o cartão só porque sim, esta é a altura certa para ires ver todas as condições que te oferece e talvez te poupe uns trocos este natal.

Pergunta em cada uma das lojas emissoras quais são as vantagens associadas ao cartão e faz uma tabela para poderes planear as tuas comprar de modo a poupar o máximo possível.

6. As newsletters são tuas amigas

Muitas marcas oferecem descontos aos clientes quando se subscreve a newsletter pela primeira vez. Visita os sites das várias lojas onde queres fazer compra e verifica se tens direito a este tipo de descontos.

Se comprares cada prenda numa site diferente rapidamente vais conseguir uma boa poupança no total que irias gastar.

7. Já pensaste comprar usado?

Todos adoramos ter coisas novas, brilhantes e bem cheirosas. No entanto, há imensos artigos que podemos comprar e até mesmo oferecer em segunda mão.

O mercado de artigos em segunda mão está bem estruturado em Portugal, havendo imensos sites (tu sabes quais…) onde podes procurar aquela Polaroid que a tua namorada tanto quer a ⅓ do preço de uma nova. E a melhor parte? Tira fotos na mesma e com o dinheiro que poupaste podes até oferecer uma “cassete” extra de fotos.

8. Faz as compras de natal antes da altura do “pânico”

Já visitaste um centro comercial na semana antes do natal? É provavelmente o mais perto que alguma vez vais estar de uma zona de guerra.

Maridos sentados em sofás das mais conhecidas marcas de roupa com o olhar fixo no infinito... crianças a chorar nos corredores das lojas de brinquedos, uma fila de 30 minutos nas livrarias porque toda a gente vai oferecer um livro de receitas à sua tia... enfim. É o caos.

Se optares por fazer as compras antes (aproveitaste a Black Friday e a Cyber Monday?) podes conseguir alguns bons negócios e provavelmente não estarás sujeito aos aumentos de preços expectáveis quando os stocks começam a escassear.

9. Dizer que te esqueceste dos presentes em casa e depois compras tudo nos saldos

Esta é uma jogada arriscada porque depois tens de ser mais rápido que todos a comprar cenas no saldos. E se há muito pânico nos momentos pré consoada, ainda mais há pós 26 de dezembro. Mas se confias na tua agilidade, podes sempre dizer à tua família que te esqueceste dos presentes em casa, no carro, na casota do cão, etc. 

No dia 26 acordas cedinho e vais comprar todos os presentes com mega descontos e assim poupas vários euros!

10. Não ofereças nada a ninguém

Esta é a última dica e como se costuma dizer, o melhor fica para o fim. O natal não se deve resumir a uma época de consumismo desmesurado sem qualquer fim para além de “dar porque tem de ser”.Este natal, a melhor prenda que podes dar é o teu tempo e a tua atenção a alguém especial.

Não há presente melhor do que um momento bem passado com alguém especial para nós.

O ComparaJá.pt deseja-te um Feliz Natal.


DEIXA UM COMENTÁRIO