OMS revela boas e más notícias sobre os alunos portugueses

Inspiring Future
26 Março 2016
Um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelou que Portugal é um dos países nos quais os jovens menos gostam da escola.  Porém, nem tudo são más notícias: os jovens portugueses têm consumos de álcool abaixo da média mundial e são dos que se sentem mais apoiados pela família no que toca aos problemas escolares.


Neste “Grande estudo internacional sobre a adolescência”, os adolescentes inquiridos (6000 alunos de vários pontos do país) sentem-se apoiados pelos seus familiares, têm hábitos saudáveis como, por exemplo, tomar o pequeno-almoço diariamente antes das aulas e o vício de fumar vai sendo cada vez menos frequente. Já no que toca às aulas, os alunos portugueses são dos que menos gostam da escola.


Margarida Gaspar de Matos, investigadora e coordenadora do estudo em Portugal, afirma que “Quando em Portugal perguntamos do que é que gostam na escola, as aulas aparecem em último lugar. Pior que as aulas, só mesmo a comida da cantina. E isto tem sido recorrente, somos sempre dos piores no gosto pela escola e na percepção de sucesso escolar.”.


O estudo revela também alguns dados sobre bullying e os jovens portugueses na faixa etária dos 11 anos,  entre 11% (raparigas) e 17% (rapazes) disseram que foram alvo de bullying na escola, “duas ou três vezes por mês nos últimos dois meses”. Portugal tem, assim,  a 16.ª taxa mais alta de todos os países inquiridos.


Neste estudo participaram 42 países, tendo sido inquiridos jovens entre os 11 e os 15 anos de idade.


Fonte: Público


DEIXA UM COMENTÁRIO

Tens alguma dúvida?
Vamos ajudar-te a esclarecê-la!