Esta quarta-feira poderá acontecer a "maior greve de professores da década"

A greve agendada pela FENPROF para o dia 15 de novembro, e que já noticiamos na Inspiring Future, poderá assumir proporções históricas. Quem o diz é Mário Nogueira, o presidente da FENPROF: "Estou convicto de que [a paralisação de amanhã] vai ser uma greve de professores como há muito não se vê", disse,ao Diário de Notícias."Será a maior greve da década. Não tenho dúvida nenhuma a esse respeito", acrescentou ainda.
 
Além do dia de amanhã, o normal funcionamento das aulas e o tempo que os docentes dedicam aos alunos poderá ficar comprometido. "A Federação Nacional de Educação deu ontem início a uma greve ao primeiro tempo de aulas, que irá durar até final do 1.º período", avança também o DN.
 
Por detrás das motivações da greve está o "impasse em relação à contagem do tempo de serviço dos professores, tendo em vista o descongelamento das carreiras da administração pública em 2018. A exigência mínima dos sindicatos é que o Orçamento do Estado para 2018 reconheça a totalidade desse tempo, manifestando-se disponíveis, caso esse compromisso seja assegurado, para depois discutirem com o governo a forma e os prazos da sua concretização."


Outras notícias
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.