Mãos à obra

Vida universitária: aquilo por que vais passar quando saíres de casa dos pais

Luís Alves Vicente
Editor Inspiring Future
28 Novembro 2016

Todos os anos milhares de estudantes abandonam a casa dos pais para ir viver para outra cidade em busca da educação mais adequada. Se uns rejubilam por viver pela primeira vez sozinhos, outros só pensam como é que vão sobreviver sem algumas das comodidades a que estavam habituados em casa dos pais. Por isso, é importante gerir expectativas e, de antemão, dar-te a conhecer algumas circunstâncias pelas quais podes vir a passar. Destacamos quatro aspetos que achamos importantes no quotidiano de um universitário a viver sozinho pela primera vez.

Para que encontres melhores condições nas casas e quartos disponíveis para arrendar, responde a este questionário clicando aqui.

Roupa

Há questões que aumentam consoante os fins-de-semana que ficas sem ir a casa. A roupa é um deles. Terás de aprender a lavar a roupa, secar e passar caso fiques demasiado tempo sem ir a casa, não tendo levado roupa suficiente para cobrir todos os dias. Como queremos que estejas mesmo bem preparado, damos-te já a imagem do que vai ser normal no teu quarto quando fores viver para fora da casa dos teus pais, sem ninguém a arrumar-te o quarto ou a dizer para o arrumares: o guarda-roupa-cadeira.

 

Comida

Outro assunto delicado é a comida. Não que tenhas problemas em comer, mas talvez em cozinhar. E aqui há três tipos de estudantes: os que levam 300 tupperweares com uma refeição para cada dia preprada antecipadamente pela mãe, os que aprendem a cozinhar de maneira a não comerem a mesma coisa todos os dias e os que que têm como referência a seguinte pirâmide alimentar:

Transportes

Aqui reside uma das grandes decisões que tens de fazer: como te vais deslocar. Se tens a sorte de ter uma casa perto da faculdade, essa é uma vantagem. Mas terá sempre de ir a outros sitios e deslocares-te a pé pode nem sempre ser a solução. Aqui podes optar por transportes públicos ou o teu prórpio meio de transporte, se já tiveres carrro ou mota. Quanto ao metro, é importante que tenhas alguma paciência porque, embora seja a ideia que as carruagens estejam constantemente a passar, com intervalos de 5 minutos, às vezes acontece isto

 

Colegas de casa

Na universidade tens duas opções: 1) Vives sozinho no sentido em que não tens ninguém a quem deves satisfações ou que esteja recorrentemente a chamar-te à atenção; 2) arranjas bons colegas e ainda podes desfrutar de boas sessões de diversão e companheirismo. Também é fixe para os momentos de "estudo" ou momentos mais difíceis. Quando arrendas um quarto, tens de ter consciência que aquele quarto pode ter três cadeiras iguais àquela acima ilustrada, mas que isso fica no teu espaço. As áreas comuns devem estar habitáveis para a malta lá de casa estar em harmonia. Um desses espaços comuns mais críticos é a casa de banho. Por isso às vezes é importante saber com quem vais viver ou se há mais do que uma casa de banho. Também os hábitos dos teus companheiros são importantes, sobretudo os de poupança. Se pagares despesas e tiveres sempre alguém a gastar água ou luz desnecessariamente.

Para que encontres melhores condições nas casas e quartos disponíveis para arrendar, responde a este questionário clicando aqui.


DEIXA UM COMENTÁRIO

Tens alguma dúvida?
Vamos ajudar-te a esclarecê-la!