Amplifica-te

Como marcar a diferença com um CV sem experiência

Luís Alves Vicente
Editor Inspiring Future
4 Outubro 2017
 
Recentemente abrimos vagas para a nossa rede de colaboradores-autores, tendo em vista aumentarmos tanto a quantidade de artigos como a qualidade/diversidade dos mesmo. Por isso, fizemos um apelo à nossa comunidade e pedimos que nos fossem enviados CV, pois no mundo profissional, esse será sempre o primeiro contacto. Mas não o currículo em si, mas sim o e-mail que é enviado, onde o CV segue em anexo.
 
 
 
Aquilo para que o recrutador olha, então, num primeiro momento e neste caso, é para o texto que vem escrito no corpo do e-mail. Propositadamente, pedimos aos interessados que nos enviassem e-mail com CV. E em muitos casos foi isso que recebemos: um mail em branco - sem nada escrito, nem um "Boa tarde. Em anexo envio o meu CV. Cumprimentos." Esta frase já seria um requisito mínimo, mas mínimo mesmo.
 
Ora qual achas que é a sensação de quem recebe um CV sem nenhum tipo de mensagem? Logo no início pode-se pensar: "Será que isto era mesmo para mim? É que nem menção faz à vaga para que a pessoa se está a candidatar..." Quanto mais personalizares a tua mensagem, melhor. E efetivamente recebemos mails com duas ou três linhas que explicavam como conheceram o projeto ou a motivação para se candidatarem à vaga. Guess what? Essas pessoas passaram exatamente para primeiro da lista.
 
 
Deves, portanto, escrever umas linhas no e-mail, onde te mostras verdadeiramente interessado(a). Mas cautela, porque isso não é a única coisa que tens de ter em mente - há malta que além de não escrever nada no corpo do mail, envia-nos um CV em formato Europass. Ora bem, além de querer colocar o recrutador em estado de choque, isto é o combo da ineficácia. E atenta a uma coisa: nunca aqui referimos que tens de ter feito coisas espetaculares, porque todos começamos do zero.
 
Portanto eis aquilo em que tens de pensar: se não marcas diferença com o conteúdo, nunca te esqueças da forma. O teu CV provavelmente não será muito diferente do dos teus colegas, mas se for mais apelativo e se personalizares a tua mensagem, terás certamente mais hipóteses de conseguir uma entrevista! 
 
Fica a dica: Aconselhamos a não usares Europass e a ter muita atenção aos erros ortográficos!! 
 
 

DEIXA UM COMENTÁRIO

Tens alguma dúvida?
Vamos ajudar-te a esclarecê-la!