Expert em Acesso ao Ensino Superior

CET e CTeSP

Chegaste à reta final e a linha de meta está a aproximar-se (o final do ensino secundário) e sentes que o teu caminho não passa por tirar uma licenciatura, mas também não queres entrar no mercado de trabalho sem aprenderes de forma mais especializada. Neste artigo, vamos mostrar-te duas opções. Falamos de formações pós-secundárias de nível não superior que podem ser a solução para ti!

Dentro destas opções vamos explorar dois tipos diferentes que te vão dar uma qualificação de nível 5 no Quadro Nacional de Qualificações: os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) e os Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP).

 

Caso, depois de concluíres um CET ou um CTeSP, sintas que ainda não é a altura para entrar no mercado de trabalho, podes continuar os estudos numa licenciatura, tendo já percorrido "metade do caminho". Se for essa a tua opção, terás ao teu dispor um concurso especial de acesso a uma licenciatura. Outro ponto a teu favor é o facto de as disciplinas que concluíste durante um destes cursos poderem ter equivalência na licenciatura que escolheste.

Para que percebas bem as diferenças entre os CET e os CTeSP, vamos compará-los ponto a ponto, de forma resumida.


Duração

Os CET têm a duração de um ano (entre 1200 a 1560 horas), os CTeSP decorrem durante dois anos (quatro semestres letivos). Precisamente devido a esta diferença de duração, estes cursos têm também diferenças relativas à progressão para uma licenciatura. Os CET dão-te entre 60 e 90 créditos ECTS, enquanto que com os CTeSP vais acumular 120 créditos ECTS.


Plano de estudos 

O plano de estudos de ambas as formações divide-se em três vertentes: geral (teórica), tecnológica (prática) e formação em contexto de trabalho. Mas atenção, o peso de cada vertente difere consoante o curso que escolhas. Nos CET, é reservado um peso de pelo menos 85% à carga de formação prática, sendo atribuídas entre 360 a 720 horas à formação em contexto trabalho. Nos CTeSP, a componente geral ou teórica poderá corresponder até 30% do currículo. Por outro lado, a formação em contexto de trabalho nos CTeSP tem uma duração não inferior a um semestre curricular (correspondendo a 30 créditos).

 

Acesso

Para ingressares num CTeSP terás de ter o ensino secundário completo, mesmo que não tenhas nenhuma prova de ingresso válida. O acesso aos CTeSP é feito junto da própria instituição e tem regras que variam entre elas. Podes fazer uma pesquisa no nosso motor de busca e verificar esta oferta formativa. Se algum destes CTeSP te interessar, podes entrar na sua área (clicando em cima da opção pretendida), ler o plano de estudos e perceber como é feito o acesso nesse caso específico.


Oferta formativa

Por serem cursos recentes, os CTeSP têm uma oferta um pouco mais reduzida do que os CET. Enquanto se contabilizam 637 CET, relativamente aos CTeSP, apenas existem 94 cursos aprovados. Contudo, existem ofertas a aguardar aprovação para ambos os tipos de cursos. A seu tempo, a Inspiring Future irá divulgar novidades sobre isso.
Em relação às áreas de estudo, existem também algumas diferenças: os CET centram-se sobretudo na área das Ciências Empresariais (113 cursos), da informática (94 cursos) e da Engenharia (95 cursos). Os CTeSP, por sua vez, dividem-se sobretudo nas áreas do Comércio (14 cursos), da Informática (14 cursos) e de Audiovisuais e Produção dos Media (8 cursos).


Consulta este quadro com a informação sintetizada:

 


Também te pode interessar
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.