Editor Inspiring Future

Aprende a não perder muito tempo em preocupações desnecessárias

Categoria: Amplifica-te

 
       É mais fácil dizer do que fazer, já sabemos. Mas (há sempre um mas) a verdade é que com algum treino é possível parar de perder tempo em divagar sobre a vida. E atenção: aqui na inspiring future encorajamos as reflexões filosóficas e existenciais. Contudo, não são esse tipo de pensamento que aqui pretendemos abordar.
 
       Quantas vezes já te perdeste na tua cabeça a pensar em coisas que, na prática, nem tu conseguias resolver? Apostamos que muitas. Acontece a todos. Além destas questões, perdemos ainda mais tempo com dúvidas sobre nós próprios: será que somos bons o suficiente? Será que conseguimos fazer isto ou ou aquilo? Será que o Sporting alguma vez vai ser campeão? Não vale a pena perder tempo em coisas que não controlamos. E tudo para quê, para isto:

 

 
     Aquilo que deves fazer é aprender a educar o teu cérebro para encarar os assuntos que necessitem de resolução no momento em que a mesma é possível - ou seja, evitar perder tempo muito tempo antes e aprender a priorizar. Neste momento, convém fazer outra ressalva: esta ideia não vai contra o facto de dever existir planeamento e avaliação de prioridades. Aliás, é através disso que consegues não te preocupar desnecessariamente ou fora de tempo.
 
     Concluindo: Deves usar o cérebro como uma ferramenta para o teu auxílio, e não para te prejudicar. Da próxima vez que começares a pensar numa coisa que não vais conseguir resolver, tenta lembrar-te deste artigo, e começar a educar o cérebro para se preocupar com o agora ou o futuro próximo, dependendo do teu planeamento de prioridades.
 
Tu tens a capacidade de decidir em que queres pensar e, mais importante, em que é que não queres pensar; nunca rejeitando a existência dos problemas reais!
 


Também te pode interessar
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.