Editor Inspiring Future

3 truques para te ajudar a conseguir ler mais livros

Categoria: Mãos à obra

 
Este é o testemunho de um indivíduo que armou-se em maluco e definiu como objetivo ler 50 livros num ano. E sucede que não só leu esses 50 como acrescentou ainda outros 11 à lista. Não devia ter mais que fazer, nem vida social nem malta com que falar no chat até às três da manhã, pensas tu. Pensamos nós. Mas olhe que não, sr. Doutor (mais uma referência a Gato Fedorento, se nasceste numa triste época em que não acompanhaste este grupo, familiariza-te aqui) Engraçado, não é? Bem, então vamos lá ver como é que o Ken Norton fez tal proeza, ou se ele chama livros a jornais desportivos.
 
  1. Ter mais tempo cortando com leituras "lixo"

Se analisares os teus hábitos, provavelmente já fazes muita leitura enquanto estás nas redes sociais. Abres um ou outro artigo, lês um post de alguém que segues/admiras no Facebook e se segues os jornais, então, definitivamente, tens tempo para ler. Agora, a questao importante se calhar não é ler mais mas ler melhor. Aí entram o tipo de coisas que lês, e, uma nota importante, por vezes não é fácil mudarmos os hábitos. Regra geral, os hábitos surgem-nos por isso mesmo, rotina, porque ou assim tem de ser ou não custa. Jogar computador torna-se um hábito - sabem bem, é satisfatório, vamos fazendo repetidamente até se tornar hábito. Do lado oposto: o hábito de levantar cedo, que se calhar é mais uma obrigação do que um hábito. É importante não dar uma carga negativa à leitura: procura ler coisas de substância mas que te interessem - sobre o futuro, a profissão que queres seguir ou ficção. Tudo menos Paulo Coelho ou José Rodrigo dos Santos. Outra coisa importante é: não tens de acabar o livro em que pegaste só porque o decidiste ler; não gostas? Escolhe outro!
 
  1. Livra-te das distrações

A segunda parte é não estares a ler enquanto tens o telefone a vibrar de tantas notificações e instasnaps. Truque: Agarra no telefone, passa o oceano atlântico a nadar, deixa-o em Cuba, bebe um Mojito, e regressa ao teu quarto para leres tranquilamente o livro. Espera, esqueceste-te do portátil. Volta a fazer o passo anterior e agora, sim, podes ler descansado. Ok, isto é uma caricatura mas é para perceberes que se não consegues ficar longe do telemóvel tens de obrigar-te a fazê-lo. Nós aqui fazemos o mesmo, porque enquanto escrevo este artigo já comichão 37 vez por não ter ido ainda ao Facebook.
 
  1. Mantém-te a par do que lês

Cria uma base de dados onde colocas os livros que queres ler ou já leste - um bom site para isto é usar o Goodreads, uma rede social focada nos gostos literários das pessoas. É possível ler e escrever críticas, fazer listas baseadas em géneros específicos ou meter tudo no mesmo saco.
A base de dados é importante para ires avaliando o teu progresso e perceber se as medidas que estás a implementar estão a funcionar ou não.
 
Estas são as tuas primeiras três técnicas. Para a semana damos-te outras três!


Também te pode interessar
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.