Editor Inspiring Future

4 Formas para estimulares a tua criatividade

Categoria: Amplifica-te

Não há fórmula do sucesso para conseguirmos ter sempre na ponta dos dedos a criatividade de que precisamos nas diversas tarefas que temos de desenvolver. Ao passo que outro tipo de raciocínios podem ser trabalhados de forma mais linear, é impossível dizer que se seguires as quatro técnicas que te apresentamos vais ter sempre criatividade quando necessitas. Cada pessoa é diferente e tem formas diferentes de trabalhar, naturalmente. O que de damos aqui, como em todos os artigos que vamos publicando é ferramentas para tentares alcançar aquilo de que precisas. Tendo isso em mente, é fundamental que adoptes estas estratégias à tua personalidade e forma de trabalhar, mas é importante tentar sempre! Dizer: "ah isto não é para mim" não vale.

  • Desliga-te da tecnologia

Parece que estamos sempre a bater na mesma tecla, não é? Isto é para te relembrar do quão forte é a interferência da internet e dos jogos no teu dia-a-dia. Faz uma pausa. Podes comer um kit kat. E dedica-te à séria! Vai custar nos primeiros. Parece pouco, mas não vai ser. Olha, pelo menos tens o chocolate para suavizar. Depois desse período inicial, é sempre a somar e quando deres por ti já estás com os trabalhos ou estudo quase terminados!

  • Cria hábitos

Nós sabemos que a rotina não é fixe. Mas olha que sim. Nós somos mais velhos e sabemos. A rotina é injustamente relacionada com trabalho ou tarefas que são uma seca. Podes ter uma rotina que engloba ir ao cinema todas as terças. Aí já não é seca, certo? Pronto. Então as valências da rotina é que o teu subconsciente vai-se preparando que naquela altura, daquele dia, há alguma coisa a fazer. Vai tentando intercalar isso com obrigações e lazer e vais ver que encontras o equilibrio perfeito. Se sabes que precisas de x horas para estudar, então define um tempo, previamente, e respeita-o. Findo esse período já trataste das obrigações para aquele dia. Siga para o cinema!

  • Altera o teu meio-ambiente

Referimo-nos mesmo a objetos - físicos - e outras distrações que podem tomar conta do olhar, como aplicações que tens no telemóvel ou jogos no computador. Esconde a Play Station e mete o comando da televisão bem longe, com ela desligada! Por vezes, a força de vontade não chega para resistir às tentações que estão mesmo perto de nós. Para isso, o segredo é afastar do campo de visibilidade essas distrações. Já aqui dissemos que a sabedoria da vida está nos ditados populares: Olhos que não vêem, coração que não sente.

  • Prepara as tuas semanas, não os teus dias

Cada um de nós sabe qual é a melhor forma de organizar as tarefas. Contudo, há uma taxa de sucesso maior quando planeamos as coisas para cinco ou sete dias do que para aquele dia específico. Primeiro, porque um dia pode ser pouco tempo e depois porque provavelmente esse planeamento não é feito tão distante do próprio dia como devia. Assim, se todas sextas-ferias planeares a semana que vem, tens praticamente uma semana para completar as tarefas que te propões a ti próprio. No entanto, é importante não deixar as coisas todas para o mesmo dia. Aconselhamos-te a distribuir os teus deveres equitativamente ao longo da semana.

Artigo inspirado em How I qadrupled my creativity in 2016, de David Kadavy


Também te pode interessar
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.