10 dicas infalíveis para estudares para os exames

Categoria: Amplifica-te

Aproxima-se a época fatídica dos exames nacionais. Os nervos aumentam, os dias parecem passar cada vez mais rápido e não consegues dar vazão a tudo o que tens para estudar. Mas não te preocupes. Nem tudo está perdido. Temos algumas dicas que te vão ajudar a brilhar nos exames nacionais. E não só.

1. Plano de treino

Cria um plano para o teu estudo. Faz uma revisão geral a toda a matéria, verifica quais são os pontos mais importantes, quais os temas nos quais tens mais dificuldades, de forma a definires bem tudo o que tens para estudar. Não te esqueças, nunca deixes nada por estudar, na esperança de “ah, isto já saiu há dois anos, não vai sair de certeza”. É meio caminho andado para ser a pergunta mais “valiosa” no exame.

2. Modo offline

Sim. Nós sabemos que vai ser difícil, mas quando estiveres a estudar (a sério!) tens mesmo que te afastar de tudo o que são dispositivos tecnológicos que te possam distrair. Desactiva todas as notificações, faz “log out” do Facebook, do Twitter, do Instagram e até mesmo do hi5. Até já, redes sociais. Olá, boas notas.

3. Hora de voltar ao trabalho

No entanto, não estás proibido de fazer pausas de vez em quando. Muito pelo contrário. É saudável parares quando achares que já não estás totalmente concentrado. Aproveita para apanhar sol, para andar e fazer um pouco de exercício. Quando voltares ao estudo, vais ver que terás muito mais energia.

4. Estuda direito por linhas tortas

Escreve apontamentos à mão. Pode não parecer, mas escrever à mão ajuda-te a estar mais concentrado e a pensares mais sobre tudo o que estás a escrever. É uma escrita muito menos “automática”. Para além disso, aproveitas para treinar a tua caligrafia. Não te esqueças que podem ser descontados pontos caso o professor-corrector não entenda o que escreveste.

5. Voz off

Já experimentaste gravar-te a ti próprio a ler a matéria? Porque não? Se és daquelas pessoas que memoriza letras de músicas ao fim de 2 ou 3 audições, provavelmente vais dar-te bem com este método. Aproveita para ir ouvindo nas tuas viagens de autocarro, enquanto estás a andar na rua, e vais ver que a certa altura já vais saber de cor o que vem a seguir.

6. Mais vale estudar só e bem acompanhado

Há quem prefira estudar sozinho, há quem goste de estudar em grupo, mas as duas formas têm prós e contras. Estudar sozinho faz com que ninguém te possa ajudar e não possas partilhar as tuas dúvidas e questões, mas estudar com mais gente também pode dar aso a mais distracções. Desta forma, o melhor que tens a fazer é mesmo equilibrar as duas maneiras. Podes começar por estudar sozinho, e depois de já teres uma base de toda a matéria, podes aproveitar para discutir e debater tudo com os teus colegas.

7. Dá mais cor ao teu estudo

Sublinhar os pontos mais importantes com marcadores fluorescentes é um clássico que costuma resultar. Mas, para além disso, podes aproveitar para fazer coisas mais originais. Espalha post-its por toda a casa com conceitos-chave, procura exemplos da tua vida quotidiana para ilustrar exercícios... Possibilidades não faltam.

8. Música para os teus ouvidos.

Estudar a ouvir música ajuda muita gente a concentrar-se, mas cuidado com a música que escolhes! A ideia não é acabares a cantar ou a dançar, esquecendo a matéria. Aposta de preferência em músicas instrumentais, mas com um bom ritmo.

9. Por exemplo...

Sabes aquela parte da matéria que não percebes para que serve? Não consegues perceber qual o sentido que tem? Transforma-a num desafio e procura exemplos práticos, reais, nos quais possas enquadrar o teu dilema e ajudar a resolvê-lo.

10. Olha sempre para o lado bom do estudo

Afasta-te de todos os pensamentos negativos. Estás proibido de dizer e pensar que vai correr mal. Lembra-te que está nas tuas mãos e que estás a estudar por uma boa causa: brilhar nos exames nacionais. Vais ver que vai correr bem, só tens que acreditar e trabalhar para que isso aconteça.


Também te pode interessar
Tens alguma dúvida?
Faz uma pergunta à Inspiring.